Ainda estou aqui.

FullSizeRender

E cá venho eu de novo escrever coisas que talvez não devesse. Mais um ano se passou e eu continuo aqui… Confesso que ano passado achei que não estaria mais por aqui hoje.

Seu aniversário é aquela data que eu aproveito que você lê tudo o que te escrevem pra agradecer você por mais um ano que aprendi um monte de coisa que você nem sabe. Não sabe porque não foi você que me ensinou, fui eu que aprendi com você. Mas esse ano foi um tantinho mais tumultuado que os outros. Não como poderia ter sido, mas foi um pouquinho.

Ah, se você fosse menos complicado e contraditório!
Se deixasse eu gostar de você, e se permitisse viver pelo menos uma vez o que você diz sentir… Você se diz livre, mas se mantém preso em uma irritante mania de me manter longe…

Bom, esse ano prefiro economizar nas palavras, acho que você concordaria se eu disser que às vezes falo mais do que deveria… Então… Feliz aniversário!
Quero que você seja muito, muito, muito feliz e que você sempre possa tirar os pontos positivos das suas decisões, mesmo que elas em si não sejam totalmente positivas. Muita saúde, e também muito juízo, mas principalmente muito sucesso.
Esses desejos parecem clichês e meio batidos tendo em vista que você deve ter os lido com certa frequência hoje, mas tenha certeza que tudo o que eu desejo pra você é realmente de coração e sentimento puro.

Se um dia precisar de mim pra qualquer coisa, sabe que pode me procurar, né? Minha força somada à sua é imbatível. Aprendi isso ao longo desses anos também! Ô coisa inexplicável, hein?

Se esse ano você quiser pular o texto inteiro, eu resumo ele aqui no final para você: seja feliz e se precisar me chama porque nossa soma é esquisita, mas sempre dá certo. <3

Estou ansiosa para ver o que mais aprenderei ao longo desse próximo ano.
Não suma.