[Pesquisei] A Química da Água

Água é uma constante na minha vida. Tomo pelo menos uma garrafona daquelas de 1,5L de água por dia. E, acredite, já ouvi dizerem que isso seria pouco para mim. Tenho pedra nos rins desde os 7 anos. Já frequentei mais urologistas do que qualquer homem que por ventura esteja lendo o blog. Um vez um médico me disse que eu deveria tomar diariamente 3 (um, dois, TRÊS) litros de água. Três. Tenho 1,50m de altura (1,52, tá?) e deveria tomar 3 litros de água por dia… impossível. Com 1,5L já tenho carteirinha VIP no banheiro da empresa, imagine com 3… Trabalharia direto sentada lá ou com um saquinho acoplado na minha cadeira.

Com esse lance todo de rim zoado aí existem algumas muitas coisas que eu não poderia comer (ou deveria comer com moderação). Variantes de leite (iogurte, queijo, etc.), alface, lanches, tudo que tenha sal (saudades batatinha frita), etc… SAL. E o que sal é? Quimicamente NaCl (beijos, profª Conccetta), e esse Na é sódio. Exageradamente falando, sal nada mais que um montão de sódio e cloreto em pequenos grãos. Conclusão: nada de sódio na vida. E quais são as coisas que tem sódio em excesso? Tudo que é bom. Já viu naquela tabelinha nutricional da embalagem do miojo a quantidade de sódio que aquilo tem? Mais de mil mg. Nunca vi um miojo com menos de mil mg de sódio, e isso varia entre 1200 a 1700, até o infinito. Triste realidade, adoro miojo. Deixei de comer? Não, mas penso três (o mesmo número de litros de água) vezes antes de comer.

Somando as informações: tenho que tomar muita água, e tenho que evitar sódio.
E qual a parte bacana de tudo isso? Até na água há sódio. Não muito, claro, mas tem. Sempre achei que era mais ou menos tudo igual, que todas as águas tivessem a mesma média de mg de sódio inserido em seus 1,5L. Eu comprava as águas de marcas conhecidas na certeza de que era a melhor escolha, até que um dia cheguei no mercado e não tinha a água da marca famosa. Entre o ser ou não ser para escolher a água que eu levaria, me deu aquele clique da mamãe dizendo que era importante ler a tabela nutricional dos alimentos, então resolvi seguir o conselho da mamãe me sentindo besta, porque queria apenas um elemento de diferenciação pra escolher uma garrafa de água. Com isso, nesse dia levei a marca mais “X” porque tinha menos sódio que as outras opções.

E foi aí que resolvi checar constantemente a composição química das garrafas de água de 1,5L. Sim, a tabela da água não chama “tabela nutricional”, porque isso é dos alimentos, ela chama “composição química”, porque é água. Comecei a fotografar também para guardar como base de pesquisa quando fosse comprar água de novo. Sabe o que eu fiquei sabendo? A marca mais conhecida, a que eu mais comprava, é uma das que mais tem sódio na composição. Nunca mais a comprei.

É por isso que venho compartilhar com vocês o meu “histórico” de tabelas de composição química das águas. Vai que você também tem alguma obrigação de tomar água, ou que ache curioso o assunto, sei lá. Só sei que, pra mim, foi um choque muito grande saber que a água que eu sempre comprei é a que mais tem sódio. Ou seja, nem sempre o mais caro é o melhor… aquilo tudo que sua mamãe sempre te falou é muito mais que sério. Frescura minha? Até pode ser. Não estudei nada relacionado à propriedades químicas e as influências dela no corpo humano, mas, se posso evitar, então evitarei (e ainda economizarei alguns dinheiros).

UPDATE: O leitor Paulo Cesar me enviou um email com mais uma informação que precisamos ficar atento: O PH da água! Para o bem da nossa saúde, devemos tomar água alcalina, portanto, além de verificarem o sódio, atentem-se ao PH da água que estão comprando. Ele deve ser maior do que 7,0. (PH abaixo de 7: ácido; PH acima de 7: alcalino)

A mais indicada

 

minalba - composição química

Minalba: 0,92 mg/L de sódio (APROVADÍSSIMA)

 

A menos indicada

 

crystal - composição química

Crystal: 38,29 mg/L de sódio

 

 

Registro das outras marcas

bonafont - composição química

Bonafont: 1,42 mg/L de sódio

 

petrópolis - composição química

Petrópolis: 14,60 mg/L de sódio

 

nestlé - composição química

Nestlé: 3,08 mg/L de sódio

 

Lindóia

Lindóia: 18,43 mg/L de sódio

 

Prata

Prata: 2,33 mg/L de sódio